25 de julho de 2011

Gaffes

Ontem foram duas. Mas como sou demasiado orgulhosa para as admitir, ficam no segredo dos deuses! Mais alguém assim ou sou só eu que não gosto lá muito de admitir que fiz figura de parva? (Erros, e não meras figuras de ursa, são outro assunto completamente diferente. Erro, admito, peço desculpa se for preciso. E se há coisa que me irrita é quem não sabe pedir desculpa).

3 comentários:

P. disse...

Lembro-me de ter mandado uma bacorada uma vez, numa festa, numa conversa com uma alemã (bem gira, por sinal) acerca do Muro de Berlim. Não sei se foi do vinho branco ou de outra coisa qualquer, sei que a pergunta que fiz foi bastante ignorante e até sei do assunto. Conclusão, passados cinco minutos nunca mais a vi.

oldmirror disse...

Eu acho giro uma gaffe de vez em quando. :)

sinais-de-fumo.blogspot

Farruskinha disse...

Uma gaffe de vez em quando não faz mal a ninguém... Agora errar e não pedir desculpa isso para mim é grave, pessoas que não admitem o seu erro.