27 de junho de 2011

Post break-up sex

Nunca percebi isto. Então acabam com um e para o esquecer vão logo dormir com outro? Por favor, acordem para a vida... isso não prova que estão bem, que não precisam dele e que o mundo é a vossa ostra... só prova que estão carentes e que aceitam o primeiro candidato que vos apareça à frente (e tanto mais bonito, melhor, que quer-se é vingança gelada e se for amigo dele então - ou inimigo, também serve- perfeito). Apesar de um motto meu ser "um vício ultrapassa-se substituíndo-o por outro", neste campo não acho que funcione. Ou pelo menos a longo prazo. Porque depois do post break-up sex com aquele mânfio que conheceste no Bairro Alto três vodka black depois, o que sobra? A mesma dor. O mesmo "vício" por ultrapassar. Ele não os levou consigo quando saiu pela porta. E não, não te ficaste a sentir mais bonita, só ficaste a sentir que és capaz de cometer actos irreflectidos para provar que ainda tens jogo. Mas neste jogo, voltas inevitavelmente à casa de partida.

P.S.1: Post escrito no feminino, mas é claro que há por aí resmas de homens no mesmo estado. Gentlemen, enfiem a carapuça se faz favor.
P.S.2: A meio apeteceu-me mudar do plural para o singular, só porque sim. Este post não é dirigido a ninguém em particular. 

4 comentários:

CurlyGirl disse...

LOL! Eu acho que este post é dirigido à personagem fictícia do meu post "A outra". xD

Turtle disse...

Eu já nem me lembrava disso, Curls! Mas sim, acho que ela se ia identificar muito lol

Miss Murder disse...

Primeiro, adoro essa música e segundo, também é coisa que não entendo.

Vera, a Loira disse...

Concordo inteiramente contigo. No final a dor só aumenta.