18 de fevereiro de 2010

À Espera

" (...) a vida era uma questão de esperar sempre a hora certa para agir" Paulo Coelho, in Verónika Decide Morrer

Isto pôs-me a pensar... haverá, realmente, uma hora certa para tudo?
Bastará esperar e as coisas irão cair, inevitavelmente, no nosso colo?
Haverá aquele "perfect moment" para fazer isto ou dizer aquilo, ou estaremos a deixar passar oportunidades ao lado à espera de uma melhor altura que poderá nunca chegar?

Não sei.

5 comentários:

Sara disse...

Tantas perguntas para as coisas não existem resposta. Não vale a pena acelerar nem esperar. Apenas é preciso viver e aproveitar cada segundinho. Não temos nada pelo qual esperar, o tudo já está a acontecer agora.


P.S. A minha mãe chama a esse livro "Mónica decide suicidar-se"

Joana disse...

A minha filósofa perdida nos tempos :)

PS: Mónica?! Acho que é mais Veronika LOL

Sara disse...

Ela diz Mónica. Como se o suicidar-se não bastasse...

Joana disse...

Vai rezando para que nenhuma Mónica passe por aqui por engano XD

Anónimo disse...

Eu não serei propriemente a pessoa mais indicada para comentar este post, pois nunca sou capaz de revelar muito bem às pessoas aquilo que verdadeiramente sinto ... deste modo, acho que acertar no dito momento é dificil!! xD
Enfim ... rezemos por pontaria xD
Oguh